:) Por : Jéssica Morais


quinta-feira, 5 de maio de 2011

“Eu sou a Videira, vós os ramos” (João 15.5).


Todos nos somos ramos da videira verdadeira Jesus Cristo, e Deus nosso agricultor que cuida da sua videira. Como ramos, estamos ligados na videira verdadeira que é o Senhor. Como podemos está ligados à videira? Andando sempre na presença do Senhor e seguindo assim a sua palavra; e com o titulo de ramos temos que produzir frutos.

Tipos de Ramos

- Ramos que não produz:

1. Pessoas que estão em Cristo, mas Cristo não está nele. “Se vós estiverdes em mim e as minhas palavras estiverem em vós”.

2. Pessoas que ouvem a Palavra de Deus, mas não obedecem.

3. Pessoas que têm semelhança, aparência, mas não têm a essência da vida de Deus.

- Ramos que produz:

1. São cristãos que sempre estão se esforçando.

2. São cristãos que sempre estão chorando no altar.

3. São cristãos que sempre estão perdoando e pedindo perdão

- Ramos que produz muito:

CRISTÃO QUE DÃO MUITOS FRUTOS. “Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer”.

1. Jesus tem um propósito definido e claro com todos nós.

2. Jesus vincula a frutificação a um FORTE RELACIONAMENTO COM ELE.

3. Jesus tira o peso dos nossos ombros: sem mim nada podeis fazer. Se você se lançar na multiplicação da sua vida em outro Jesus se encarrega de lhe dar sabedoria e poder.

4. O verdadeiro discípulo de Jesus DÁ MUITO FRUTO. “Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito fruto; e assim vos tornareis meus discípulos”.

5. A maior MARCA do discípulo de Cristo é o AMOR. “O meu mandamento é este: que vos amei uns aos outros, assim como eu vos amei”. Que amor é este? “Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos”.

Sozinho, um ramo é frágil e imprestável, servindo apenas para ser queimado (ver Ez 15). O ramo não é capaz de gerar a própria vida, antes, deve retirá-la da videira. É nossa comunhão com Cristo, por meio do Espírito, que nos permite dar frutos.

Para sermos ramos Bons que dão frutos temos que:

Crescer, CRESCER é o caminho natural. Toda árvore nasce para dar o seu fruto no tempo certo; Deus é o agricultor que cuida da árvore, eliminando as “ervas daninhas” dos ramos. “Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta...”.

Temos que PERMANECER LIGADOS à videira. Somos habilitados para nos relacionar com o Pai, por intermédio de Cristo; Por meio da obediência. “Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito” (Provérbios 4.18) É o melhor a ser feito. “O que atenta prudentemente para a palavra prosperará; e feliz é aquele que confia no Senhor” (Provérbios 16.20).

Fomos criados por Deus para a natural missão de FRUTIFICAR. Frutificar por meio do exemplo, da transformação do caráter, do testemunho e da evangelização. Somos templo do Espírito e é Ele que convence o homem do pecado, da justiça e do juízo.

Você é um ramo que está sujo de poeira e de lama, sem luz, sem força, sem fruto? Você é um ramo que está produzindo algum fruto, mais fruto ou muito fruto?

Não se desespere se Deus está trabalhando em sua vida: disciplinando você ou podando você. O Pai quer encontrar em nós frutos. A coisa mais importante é procurarmos viver na intimidade com Cristo.

A Videira Verdadeira está voltando, temos que ficar ligados a Ela a todo tempo. JESUS é a luz e temos que ser luz.

Jéssica Morais

Um comentário: