:) Por : Jéssica Morais


segunda-feira, 23 de maio de 2011

O Poder da Língua: 4- Liberando Milagre financeiro

Começamos a compartilhar com vocês um poder incrível que exerce domínio sobre tudo que fazemos e somos “o poder da Língua”, já vimos que esse poder pode provocar tanto o bem como o mal; e que se confiamos em Deus e em sua palavra, milagres poderão acontecer.
  


Liberando Milagre financeiro
Nessa postagem iremos ver que as palavras têm um poder significativo na área financeira.    Você deve está se perguntando: Mas o servo de Deus deve ser ligado a os bens materiais?  A Resposta é não. Bem diz o ditado: “dinheiro não traz felicidade”, e nunca deve ser visto como meta de Vida. Quando o dinheiro é focado como o alvo principal, ele acaba virando uma grande pedra de tropeço.


Uma vida financeira Próspera
“Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é raiz de toda a espécie de males; e nessa cônica alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.”(1 Timóteo 6. 9 ,10)
Esse versículo foi bem enfatizado por Paulo, ele nos mostra que a riqueza não deve ser algo á seguir, pois está bem claro que aquele que a alimenta recebe com sigo a destruição. Preste bastante atenção o mal não está no dinheiro em si, mas o amor a ele que é o problema de todo esse mal; sendo assim ele só uma ferramenta usada pelo inimigo das nossas almas. Vemos que a bíblia nos revela: “o dinheiro não é algo a ser almejado”, e por mais que isso não nos caiba, é fato que no mundo em que vivemos precisamos dele diariamente, para a sobrevivência, assim como para projetos a serviço da obra de Deus.

“O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus.”(Filipenses 4.19)

O ponto é colocar a prioridade certa em nossa vida, não é errado orarmos para o Senhor suprir nossas necessidades. Para que sua vida financeira possa tornar-se prospera, é necessário seguir alguns princípios Bíblicos. Observe bem o versículo “o generoso prosperará; quem dá alivio aos outros, alivio receberá” (Provérbios 11.25), temos que ser uma pessoa generosa, compartilhando seus bens através de dízimos e ofertas para a obra do Senhor.

“E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra; Conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; A sua justiça permanece para sempre. Ora, aquele que dá a semente ao que semeia também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça; Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus.”(2 Coríntios 9. 6,11)

Podemos observar nessa passagem que ter prosperidade na área financeira é um principio bíblico. Porem, ele funciona quando a nossa motivação é de abençoar e compartilhar com a obra de Deus, nunca quando o nosso alvo é apenas nossa ganância pessoal.


Continua...
Na próxima postagem continuaremos abordar sobre a área financeira... Iremos aprender como a generosidade pode abrir portas para prosperidade, e quais os outros princípios para principais para receber benção de Deus. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário